Controladores de Velocidade e Controladores de Distância

Controladores de Velocidade

Embora este órgão seja mais interpretado como um equipamento de conforto do que segurança, não há dúvida que intervém activamente na condução e, por isso, não quis deixar de referi-lo.

 

Trata-se de um dispositivo que mantém a velocidade do veículo constante. São muito conhecidos por "cruise control".

Quando desejamos viajar a uma velocidade constante ou não queremos correr o risco de ultrapassar as condições de segurança por distracção, acciona-se este dispositivo que fixa a velocidade do veículo no valor que nós determinarmos.

Sempre que formos surpreendidos por um obstáculo e accionarmos (ainda que de uma forma muito leve e/ou suave) quer o pedal de travão como o pedal de embraiagem, o sistema desliga automaticamente por razões de segurança.

Para retomarmos esta função, basta voltar a accionar uma alavanca ou botão colocados no painel de bordo e, automaticamente, o motor começa a acelerar até retomar a velocidade pré estabelecida anteriormente.

 

Controladores de Distância

Os controladores de distância, são ainda mais completos que o sistema anterior. O condutor estabelece a distância que pretende manter em relação ao veículo da frente e, automaticamente, o veículo vai variando a sua velocidade respeitando escrupulosamente a distância pré-estabelecida.

Bom!

Para terminar esta parte, deixe-me dizer-lhe que, hoje em dia, por intermédio da electrónica, quase tudo é possível.

Já existem protótipos (há algum tempo) que podem ser conduzidos automaticamente sem a presença de um condutor. Basta marcar as coordenadas geográficas do destino – o veículo, via GPS (Global Position System) e através de inúmeros sensores, consegue atingir o destino marcado e desviar-se de todo e qualquer obstáculo.

Surpreendente, não é?