Zonas de Deformação Programada

Muitas das lesões sofridas pelos ocupantes de um veículo envolvido num sinistro, devem-se a lesões internas provocadas pelas desacelerações bruscas a que o corpo é sujeito.

Para minimizar as desacelerações sofridas pelos ocupantes, os construtores de automóveis começaram a desenvolver zonas de deformação programada.

 

As zonas de deformação programada absorvem e conduzem as forças envolvidas no impacto de modo a que a desaceleração e a deformação do habitáculo sejam mínimas.

 

São constituídas por áreas enfraquecidas ou pré-deformadas, de modo a fornecerem um caminho fácil para a propagação das forças de impacto.

 

Em complemento destas, existem também barras nas portas, não só para conduzirem as forças para a zona traseira do veículo (no caso de um embate frontal), como também para limitarem a intrusão no habitáculo no caso de um embate lateral.