Sistema de Lubrificação do Motor

O que é?

Sistema constituído por canais internos no motor que transportam o lubrificante (óleo) responsável pela lubrificação dos componentes metálicos do motor que têm movimento e contacto próximo entre si. O óleo, armazenado no cárter, é impulsionado por uma bomba (bomba de óleo) que recebe movimento da cambota, lubrifica todos os componentes e, por gravidade (seu próprio peso) regressa ao seu reservatório (cárter), é filtrado e novamente bombeado.

Para que serve?

Como os corpos metálicos do motor que têm movimento e contacto próximo entre si (exemplo: paredes dos cilindros estão em contacto com os segmentos dos êmbolos, excêntricos da árvore de cames empurram as válvulas, etc…) estão sujeitos ao (natural) aquecimento devido à fricção, o óleo encarrega-se de se colocar entre eles. O óleo, ao ocupar a posição intermédia entre dois corpos metálicos não permite que estes entrem em contacto, deixando uma fina película que os separa. Por isso, quando surge uma avaria no sistema de lubrificação, diz-se que o motor “gripa”, isto é, as peças metálicas ficam “agarradas” porque a ausência de óleo permite o seu contacto e, por via do aquecimento excessivo o metal de duas peças contíguas funde-se entre si, deixando de ter movimento livre.