Controlo Dinâmico de Estabilidade (DSC)

O que é?

Se ao travarmos um veículo, apenas travasse uma das 4 rodas existentes, naturalmente, seria provocado um movimento de rotação na carroçaria (despiste). Esta descoberta permitiu perceber que, quando se trava apenas uma roda, consegue-se criar um movimento de rotação no veículo, cuja direção dependerá da roda que for travada (esquerda, direita, frontal ou traseira). Assim nasceu o conceito aplicado ao controlo de estabilidade (ESP). Quando o veículo tem tendência para entrar em despiste, mesmo que não toquemos sequer no pedal de travão, a gestão eletrónica “manda” travar uma das 4 rodas – aquela que permite criar a rotação certa para colocar o veículo na estrada.

Para que serve?

Repõe, de forma automática (sem necessidade de intervenção do condutor), o veículo na trajetória de segurança (estrada) caso haja tendência para começar a escorregar o eixo da frente ou eixo traseiro (tendência de despiste).