Novo Opel Insignia GSi conquista o circuito grande de Nürburgring

A Opel define o novo Insignia GSi como um instrumento de precisão. Está 10 milímetros mais próximo da estrada face a um Insignia normal e pesa menos cerca de 160 quilogramas por comparação com o Opel Insignia OPC da anterior geração.

 

Possui um sistema inteligente de tração integral com vetorização de binário, capaz de dosear com grande precisão a potência que é entregue a cada roda. Com isto, o comportamento dinâmico eleva-se a patamares superiores e a subviragem é totalmente eliminada. As rodas, com jantes em liga leve de 20 polegadas e pneus Michelin Pilot Sport 4 S, bem como os potentes travões Brembo, são componentes específicos deste Insignia. O conjunto de equipamento especial fica completo com a direção direta, os amortecedores especiais com controlo eletrónico e a caixa automática de oito velocidades com comando por patilhas no volante.

 

O novo Opel Insignia GSi é uma berlina desportiva que sobressai pela eficiência. Este automóvel para conhecedores leva o selo “Tested on the Nürburgring”. Tal como os outros desportivos de topo da Opel, o modelo recebeu as afinações finais no emblemático circuito grande de Nürburgring: o Nordschleife.

 

«O local mais severo do mundo para testar um automóvel até ao máximo»        (Volker Strycek)

 

No dia 18 de junho de 1927, na pequena cidade alemã de Nürburg, situada nas montanhas Eifel, era inaugurado um circuito de 28 quilómetros de extensão descrito como «uma pista de montanha, corridas e testes». Os fundadores deram grande atenção à construção do traçado, criando secções com características de estrada para que a próspera indústria automóvel aí pudesse testar os seus produtos. A primeira corrida no Eifel, realizada nesse mesmo ano de 1927, foi ganha por Rudolf Caracciola, que mais tarde admitiria que achara o circuito «realmente duro». O epíteto pelo qual ainda hoje a pista montanhosa rodeada de floresta é conhecida surgiria mais tarde, dado pelo tricampeão de Fórmula 1 Jackie Stewart: “The Green Hell”, ou O Inferno Verde.

 

Um dos reconhecidos especialistas do Nürburgring é o ex-piloto, agora Diretor de Performance Cars e Motor Sport da Opel, Volker Strycek. Em 2003 venceu a corrida de 24 horas ao volante de um Astra V8 Coupé. Mais recentemente, no mesmo circuito, Strycek e a sua equipa desenvolveram as afinações finais do novo Opel Insignia GSi.

 

«O Insignia GSi ficou extremamente preciso graças à configuração do chassis, à excelente suspensão pilotada e à sofisticada transmissão integral. E, naturalmente, o baixo peso do automóvel desempenha também um papel importante nesta equação», concluiu Volker Strycek quando deu por terminadas as sessões de testes. «Os resultados falam por si. Consigo completar uma volta ao Nordschleife em cerca de menos 12 segundos do que com o antigo OPC, que era mais potente. Nas secções mais exigentes, com curvas mais pronunciadas ou piso mais escorregadio - isto é, quando o automóvel precisa de reagir de forma especialmente ágil e precisa - o GSi é claramente mais rápido e fácil de controlar».

 

«Esta é a eficiência que se espera de um automóvel desportivo moderno»

 

Os engenheiros da Opel selecionaram uma série de componentes específicos para a variante GSi. As novas molas de suspensão encurtam a distância ao solo em 10 milímetros, ao mesmo tempo que os amortecedores especiais pilotados controlam mais eficazmente os movimentos da carroçaria. O sistema de travagem, com assinatura Brembo, está a cargo de grandes discos ventilados de 345 milímetros de diâmetro, com pinças de quatro êmbolos. A direção, que de série já é bastante direta, foi afinada ao nível da assistência para se tornar mais reativa. A pressão dos amortecedores é ajustada em tempo real em função do tipo de condução e da estrada. Consoante o modo de regulação selecionado, a principal unidade de controlo do chassis mecatrónico FlexRide faz mudar os parâmetros de funcionamento dos amortecedores, da direção, do pedal do acelerador e da caixa de oito velocidades. O condutor pode escolher entre os modos ‘Standard’, ‘Tour’ e ‘Sport’. O novo Opel Insignia GSi oferece ainda um modo especial ‘Competition’, que é ativado ao pressionar-se duas vezes a tecla do ESP. Este modo dá maior liberdade a condutores experientes no controlo de derrapagens, desligando simultaneamente o controlo eletrónico de tração.

 

A articulação entre os componentes do chassis foi testada e afinada com o contributo do elevado desempenho dos pneus Michelin Pilot Sport 4 S, montados em jantes de 20 polegadas de diâmetro, que são equipamento de série. Nesta fórmula entrou a avançada tração integral com vetorização de binário, que é inédita neste segmento de mercado. Em vez de um diferencial traseiro, o sofisticado sistema possui duas embraiagens que conseguem controlar de forma independente a velocidade de rotação de cada roda. As embraiagens atuam continuamente, a cada fração de segundo, sem sobressaltos.

 

«A tração integral com vetorização de binário é um dos detalhes de alta tecnologia inédita que incorporámos no Insignia. Entre várias características, representa o fim da tendência de subviragem dos sistemas mais convencionais», sublinha Volker Strycek.

 

O mais desportivo dos Opel Insignia oferece à escolha dois motores. Na génese da mais pura dinâmica que inspirou a conceção do GSi está o potente 2.0 Turbo, a gasolina, que debita 260 cv de potência e 400 Nm de binário. Este motor é particularmente eficiente, revelando excelente binómio de elevadas performances e baixo consumo de combustível (NEDC - urbano: 11,2 l/100 km; extraurbano: 7,1 l/100 k; misto: 8,6 l/100 km; 197 g/km CO2). Em alternativa, a Opel oferece uma variante GSi com motor a gasóleo, o 2.0 BiTurbo D de 210 cv e 480 Nm de binário (consumo NEDC - urbano: 8,9 l/100 km; extraurbano: 6,1 l/100 k; misto: 7,3 l/100 km; 192 g/km CO2). Ambos os motores de quatro cilindros têm acoplada uma novíssima caixa automática de oito velocidades que pode ser comandada através de patilhas colocadas no volante. Os pontos de mudança de velocidades podem ser modificados pela pré-seleção dos modos ‘Standard’ e ‘Sport’.

 

O novo Opel Insignia está disponível nas variantes de carroçaria Grand Sport (berlina) e Sports Tourer (‘station wagon’).