Nissan Portugal e Turismo Centro de Portugal juntos numa inédita ação de reflorestação

A Nissan anuncia, no âmbito da 2ª edição do Fórum Nissan da Mobilidade Inteligente, o programa LEAF4Trees. Um projeto que pressupõe a plantação de árvores no Centro de Portugal, em função dos quilómetros percorridos pelos proprietários nacionais dos elétricos Nissan LEAF e e-NV200, entre abril de 2017 e junho deste ano.

 

Uma iniciativa que resulta do desafio lançado pelo Turismo Centro de Portugal à Nissan Portugal, a que se juntarão, espera-se, outras entidades de relevo nacional.

 

Com o LEAF4Trees, a Nissan Portugal tem como objetivo duplicar os benefícios ambientais que os seus clientes de automóveis de Zero Emissões contribuem, diariamente, ao país. Ao não emitirem gases de escape, os Nissan 100% elétricos que circulam atualmente, em Portugal, evitam emissões anuais de CO2 que teriam de ser compensadas por cerca de 150 mil árvores.

 

Ao lançar este programa, a Nissan Portugal assume o compromisso de duplicar esse efeito, plantando na zona Centro de Portugal, tão afetada pelos trágicos incêndios ocorridos em 2017, o número total de árvores que os clientes Nissan de automóveis elétricos “pouparam” desde abril de 2017 e evitarão até junho de 2018.

 

«Como líder mundial da Mobilidade Inteligente, a Nissan assume a responsabilidade de utilizar a sua experiência e conhecimentos em mobilidade elétrica e em automóveis com zero emissões, para elevar a um novo patamar a gestão da energia, tornando mais sustentável e mais emocionante a forma como nos movemos e como vivemos. Neste Ecossistema Elétrico Nissan pretendemos ser um elemento ativo na construção de um futuro socialmente, economicamente e ambientalmente melhor, razão que nos levou a desenvolver o programa LEAF4Trees», salienta Antonio Melica, Diretor-geral da Nissan em Portugal.

 

Por outro lado, Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, afirma que «desde a primeira hora que a Nissan Portugal apadrinhou a nossa ideia e desafio. O projeto LEAF4Trees pode servir de modelo como ação de reflorestação para o Centro do país, depois dos incêndios que, em 2017, atingiram a região. Para o Turismo Centro de Portugal, a ideia constitui motivo de justificado orgulho e claro que esse sentimento é extensível à parceria estabelecida com a Nissan, um dos maiores ‘players’ mundiais do sector automóvel. Para o Turismo Centro de Portugal é uma honra a Nissan fazer parte deste projeto de turismo responsável. Não apenas pela ajuda e pelo exemplo que dá, mas também por ajudar a reforçar a notoriedade da região.»

 

A Nissan e o Turismo Centro de Portugal esperam que, nos próximos meses, se juntem ao programa LEAF4Trees mais entidades de relevo, potenciando assim o impacto ambiental e incentivando a preservação e valorização da floresta nacional, um bem essencial para a sustentabilidade económica, social, ambiental e cultural de Portugal.

 

LEAF4Trees em detalhe

Todos os Nissan LEAF e e-NV200 podem, se os seus proprietários assim o entenderem, conectar-se ao centro de dados mundial da Nissan, enviando informações relativas ao número de quilómetros percorridos e energia consumida, mas também recebendo informação sobre a localização de novos postos de carga e dados sobre o estado de operacionalidade e ocupação dos postos, se os operadores da rede disponibilizarem essas informações.

 

Em Portugal, 47% dos automóveis Zero Emissões da Nissan em circulação estão ligados a esta base de dados central, o que permite saber o total de quilómetros percorridos.

 

Extrapolando esta informação para o total de automóveis Nissan 100% elétricos em circulação, em Portugal, e considerando o período desde abril de 2017 até março de 2018 (ano fiscal da Nissan), estima-se que os quilómetros percorridos, sem emissões de CO2, pelos Nissan LEAF e e-NV200, em Portugal, sejam de cerca de 20 milhões. O que representa uma não emissão de cerca 2 mil toneladas de CO2, com base nas emissões médias da Nissan em Portugal em 2017 (dados oficiais ACAP).

 

Ou seja, os automóveis zero emissões da Nissan que circulam em Portugal têm, anualmente, um impacto positivo sobre o Ambiente equivalente ao “trabalho”, durante esse mesmo ano, de quase 150 mil árvores!

 

Com o programa LEAF4Trees, a Nissan Portugal vai duplicar este impacto positivo da não emissão de CO2, plantando árvores em áreas afetadas pelos incêndios do ano passado. O cálculo exato do número de árvores será feito para o período de abril de 2017 (início do ano fiscal da Nissan) até junho de 2018, para permitir que os clientes do novo Nissan LEAF contribuam, também eles, com poupança de emissões de CO2.

 

O programa LEAF4Tress é anunciado pela Nissan Portugal e pelo Turismo Centro de Portugal durante a 2ª edição do Fórum Nissan da Mobilidade Inteligente, que aborda a visão holística da Nissan sobre as oportunidades e os desafios de como os automóveis se movem e interagem com a sociedade.

 

A Nissan iniciou a revolução dos automóveis elétricos e está apostada em continuar a liderar este caminho com o lançamento de novos automóveis elétricos, investimento adicional em infraestruturas, avanços a nível de baterias e uma visão inovadora para dar aos seus clientes a possibilidade de obterem energia gratuita para utilização nos seus automóveis elétricos e nas suas casas, pilares centrais do Ecossistema Elétrico da Nissan para o futuro da mobilidade global.