Toyota entra na próxima fase de sua estratégia de motorizações para a Europa

Durante uma reunião executiva com a imprensa na véspera do Salão Automóvel de Genebra, a Toyota revelou o próximo passo na sua estratégia de motorizações para a Europa. A nova geração Auris - a ser produzida em Burnaston na Inglaterra no próximo ano - virá com três motorizações duas das quais eletrificadas com a sua tecnologia híbrida (HEV – Hybrid Electric Vehicle):



•1.2L Turbo – Motor Turbo de 4 cilindros a gasolina de injeção direta (116 cv)
•1.8L Híbrido – 4ª geração da motorização híbrida do modelo Prius e Toyota C-HR (122 cv)
•2.0L Híbrido – Nova motorização híbrida, mais potente na plataforma global (TNGA) (180 cv)

Semelhante à decisão tomada em 2016, de lançar o Toyota C-HR sem uma versão diesel, a nova geração Auris, só será comercializada com uma motorização gasolina e duas motorizações eletrificadas com a sua tecnologia híbrida (HEV).



A forte procura dos clientes por versões híbridas nos seus principais modelos levou a que a Toyota irá suprimir os motores diesel de todos os seus veículos de passageiros até ao final de 2018.


Em 2017, os híbridos representaram 41% das vendas totais da Toyota Motor Europe, aumentando 38% em relação ao ano anterior para 406 mil unidades. Em contraste, a percentagem de viaturas de passageiros diesel Toyota foi inferior a 10% em 2017.



A Toyota continuará a oferecer motores diesel em veículos comerciais para atender às necessidades dos clientes.



Johan van Zyl, President and CEO da Toyota Motor Europe referiu:
"Durante mais de 20 anos a Toyota tem sido pioneira na eletrificação com a tecnologia híbrida (HEV). Durante vários anos as versões híbridas foram a motorização dominante quando disponibilizada.


No nosso novo modelo mais recente, o Toyota C-HR, a motorização híbrida representou 78% das vendas no ano passado.



Como parte da nossa estratégia de veículos eletrificados, estamos a ampliar progressivamente a nossa oferta híbrida com um segundo e mais poderoso motor 2.0L. Começando com a nova geração Auris, esta expansão da gama de motorizações híbrida é uma reação natural à procura dos nossos clientes de veículos de passageiros.



O mix de híbridos em veículos de passageiros Toyota é já equivalente ao mix de diesel em 2015. Desde então, a venda de híbridos excedeu substancialmente a nossa vendas de diesel. Nos veículos comerciais, onde as necessidades pessoais e empresariais (por exemplo, Binário & Capacidade de Carga) permanecem, continuaremos a oferecer a mais recente tecnologia diesel".