Novo SUV Citroën C3 Aircross: 100.000 Unidades Vendidas

Dez meses após o seu lançamento, o novo SUV Compacto Citroën C3 Aircross totaliza já 100.000 unidades vendidas na Europa, cerca de 70.000 das quais desde o início deste ano. É o segundo modelo mais vendido da Citroën, logo atrás do C3, e sublinha a ofensiva da Marca, que viu as suas vendas na Europa crescerem 9% na primeira metade de 2018, permitindo-lhe obter o melhor resultado dos últimos 7 anos.

 

 

O novo SUV Compacto Citroën C3 Aircross confirma o seu excelente momento ao atingir as 100.000 unidades vendidas desde o seu lançamento, em outubro de 2017, volume do qual cerca de 70.000 matrículas se referem a 2018. Estes números consolidam a sua posição como o segundo modelo mais vendido da Citroën, logo atrás do novo C3, e sublinham a excelente evolução da Marca, gerada pela atual ofensiva de produtos. Nos primeiros seis meses de 2018, a Citroën registou um crescimento de 9% nas suas vendas em todo o mundo (comparativamente a igual período de 2017), obtendo o melhor resultado dos últimos 7 anos na Europa.

 

Assente no seu design único, na sua modularidade de referência, na sua ampla capacidade de personalização e nas 12 ajudas à condução, o novo SUV Compacto Citroën C3 Aircross apresenta um mix de vendas rico:

 

  • 55% das encomendas na versão topo de gama (Shine);
  • 35% das encomendas contêm 1 dos 4 ambientes interiores opcionais;
  • 25% das encomendas especificadas com um tejadilho bi-tom e 30% com um ‘Pack Color’ (detalhes coloridos sobre as barras de tejadilho, decorações do pilar traseiro, capas dos retrovisores e embelezadores dos faróis).

 

Recorde-se que o novo C3 Aircross conquistou o galardão europeu “AUTOBEST 2018”, que conta com o jurado português José Caetano, Diretor da AutoFoco, bem como o troféu de “SUV do Ano” no âmbito dos “AUTO EXPRESS Car Awards 2018”, no Reino Unido. Foi, também, finalista da prestigiada eleição europeia de ‘Carro do Ano 2018”, iniciativa que integra os jurados portugueses Joaquim Oliveira e Francisco Mota, e do equivalente galardão nacional “Essilor Carro do Ano 2018/Troféu Volante de Cristal”.