O Grupo Renault apresenta um novo automóvel elétrico e os planos de eletrificação da gama

A Renault anuncia os novos passos na estratégia de eletrificação da gama tal como previsto no plano estratégico Drive the Future: com um novo e acessível automóvel elétrico que será lançado, já em 2019, na China, e novas versões Híbridas e Hibridas Plug-in, para 2020, em três dos seus mais populares.

 

 

Novos produtos, novos mercados

O Grupo Renault, pioneiro e líder do mercado da mobilidade 100% elétrica, revelou o showcar do Renault K-ZE,um novo automóvel elétrico global do segmento A com inspiração SUV, capaz de uma autonomia de 250km NEDC. O Renault K-ZE vem dotado de uma extensa lista de equipamento, inédita num modelo do segmento A, que irá maximizar o prazer e facilidade de condução típicos dos automóveis elétricos, como sensores de parqueamento traseiros, câmara de estacionamento traseiro e um écrã central com sistema de navegação e serviços conectados.

 

O mercado chinês de veículos elétricos é o maior e também aquele que mais rapidamente cresce e o Renault K-ZE será por isso comercializado, em primeiro lugar, na China. O K-ZE será fabricado naquele país pela e-GT New Energy Automotive, Co a Joint Venture criada entre a Dongfeng Motor Group e a Nissan para criar, desenvolver e produzir veículos elétricos competitivos para o mercado chinês.

 

“O Grupo Renault foi pioneiro e é o líder Europeu dos veículos elétricos. Apresentamos o K-ZE, um modelo 100% elétrico, acessível, urbano, de inspiração SUV que combina o melhor do Grupo Renault: o nosso pioneirismo e liderança nos veículos elétricos, a nossa tradição em produzir automóveis acessíveis e em forjar e desenvolver parcerias fortes”, afirmou Carlos Ghosn, Presidente e CEO do Grupo Renault

 

A Renault confirmou ainda os seus planos de eletrificação da gama, a ocorrer em 2020, oferecendo versões Híbridas no Clio e Híbridas Plug-in no Mégane e no Captur. A inovadora tecnologia e-Tech que equipa estes novos híbridos foi desenvolvida a 100% pela Renault para os seus modelos dos segmentos B e C.