Ford Estabelece Um Novo Recorde Mundial Com o Maior Desfile Mustang

Exemplares das diferentes gerações do Mustang, desde o lançamento deste icónico modelo desportivo em 1964, convergiram, no passado dia 7 de setembro, até à Pista de Testes da Ford em Lommel, na Bélgica, para em conjunto se permitir alcançar um novo Recorde Mundial, para o maior número de unidades Mustang num único desfile.

 

 

A Ford esmagou, assim, o próprio recorde de 960 veículos que havia alcançado em Toluca, México, a 3 de dezembro de 2017, reunindo 1.326 Mustang oriundos de toda a Europa, unidades que fizeram uma peregrinação até àquela pista de testes da Ford. O novo recorde foi alcançado com um comboio Mustang, ininterrupto, não podendo haver mais de 20 metros entre cada automóvel. Os condutores e as suas viaturas participaram, também, de uma coreografia especial para celebrar o 55º aniversário do Mustang, que se comemora este ano.

 

Assista aqui ao vídeo realizado nesse dia, no qual se integrou um voo rasante de um avião P51 Mustang, modelo de combate em que o nome ao icónico desportivo.

 

O mercado de maior volume do Mustang é o belga, com vendas per capita superiores a qualquer outro país europeu, pelo que a Pista de Testes de Lommel foi o local ideal para esta tentativa de se alcançar o Recorde Mundial.

 

Em 2018, o Mustang foi o coupé desportivo mais vendido do mundo pelo quarto ano consecutivo. As vendas continuaram a aumentar no primeiro semestre de 2019, tendo o mercado europeu absorvido 5.500 unidades, num aumento de 3,7 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado.*

 

Em Portugal já se matricularam 215 unidades do Mustang desde que o modelo foi oficialmente introduzido no mercado, em Agosto de 2015, 34 das quais já este ano, acumulado a Agosto.

 

A Pista de Testes de Lommel

Propriedade da Ford, o Lommel Proving Ground é o palco onde a companhia realiza os mais aturados testes de sustentabilidade, tecnologia e dinâmica de condução dos seus modelos na Europa. As instalações abrangem uma área de 3,22 km² integrando uma pista com 80 quilómetros, alguns dos quais desenhados para simular estradas públicas, outros para integrar diferentes superfícies que permitem aos engenheiros avaliar os sistemas de maneabilidade, travagem, suspensões e conforto.

 

Mais de uma centena de pessoas que trabalham nas instalações ofereceram-se como voluntários para comissários, ajudando a Ford a que tudo corresse sobre rodas na tentativa de se alcançar este agora comprovado Recorde Mundial.