Novo Volkswagen Passat - Evolução tecnológica reforça estatuto

O novo Volkswagen Passat é marcado fundamentalmente pela evolução tecnológica que reforça o estatuto do carro mais bem-sucedido do mundo no segmento dos familiares - mais de 30 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento em 1973.  Com a próxima geração de sistemas de Infotainment (MIB3), a Volkswagen pode ficar permanentemente online trazendo novas funções inovadoras e serviços a bordo.

 

 

Novos sistemas de assistência, como o Travel Assist, oferecem segurança e conforto acrescidos e tornam esta atualização no primeiro Passat capaz de se conduzir de forma semi autónoma a velocidade regulada até 210 km/h. Mais uma vez, o Passat chega ao mercado com carroçarias Limousine e Variant.

 

Dados mais importantes num relance

• O novo Volkswagen Passat em Portugal: versões Limousine e Variant com três níveis de equipamento – Passat, Business e Elegance.

Versão GTE em duas variantes de equipamento: GTE e GTE+.

Motor a gasolina 1.5 TSI 150 cv e 1.6 TDI de 120 cv, novo motor 2.0 TDI Evo de 150 cv e 2.0 TDI de 240 cv; 1.4 GTE + Plug-in Hybrid com sistema combinado de 218 cv.

 

Preços a partir de 29.675 Euros (Passat Limousine 1.5 TSI).

 

• O novo Passat GTE tem mais 40% de autonomia elétrica: o sistema combinado de 218 cv resulta da potência entre o motor 1.4 TSI de 156 cv com o motor elétrico de 85 kW, oferecendo uma autonomia totalmente elétrica de 55 km, de acordo com o ciclo WLTP. A autonomia elétrica do novo Passat GTE aumenta assim 40% face ao anterior modelo.

 

• "Travel Assist" em estreia mundial: O Passat é o primeiro Volkswagen a oferecer condução semiautónoma a velocidade regulada.

 

• MIB3 fica sempre online: Os novos sistemas de infotainment com cartão SIM integrado fazem a sua estreia no novo Passat.

 

• IQ.LIGHT: Como acontece no novo Touareg, o Passat também é oferecido com faróis em LED IQ.LIGHT Matrix.

 

• Volante capacitivo: O primeiro volante capacitivo da Volkswagen "deteta" através de um "reconhecimento tátil" que o condutor continua a ter o controlo sobre o veículo.

 

• IQ.DRIVE: O novo Passat marca a expansão do IQ.DRIVE, a nova marca global para sistemas de assistência à condução.

 

• "Volkswagen Digital Cockpit": A nova geração de instrumentos digitais pode ser configurada através do volante com o toque de um botão.

 

• Aberto a novas soluções. O "Volkswagen We" volta a beneficiar de novas funcionalidades com o novo Passat.  Com o "Volkswagen We" foi desenvolvida uma plataforma digital para agrupar os serviços de mobilidade, como é a integração, entre outros, dos novos serviços "We Deliver" e "We Park".

 

• "We Connect": O sistema de infotainment oferece serviços de streaming “Apple Music” e TIDAL, rádio na internet e tecnologia de aplicações da web.

 

• "We Connect Fleet": O diário de bordo digital, a monotorização do consumo de combustível e a gestão de manutenção “Service Manager” economizam tempo e dinheiro na operação da frota de veículos.

 

• "Mobile key“: Disponível apenas com o sistema de navegação opcional “Discovery Pro” e juntamente com a App We Connect, com a Mobile Key (chave digital) pode abrir e ligar o novo Passat de forma rápida e cómoda através do seu smartphone.

 

A bem sucedida gama Passat já superou a barreira dos 30 milhões de unidades produzidas na passada primavera, sendo um dos três modelos da Volkswagen mais vendidos de todos os tempos: apenas atrás do Golf, que tem um total de 35 milhões de veículos vendidos globalmente e à frente do “Carocha”, com as vendas totais a chegarem às 21.5 milhões de unidades vendidas.

 

A atualização tecnológica do Volkswagen Passat confirma o seu posicionamento como um dos melhores veículos do seu segmento. Pela primeira vez, o novo Passat é equipado com o Travel Assist, oferecendo segurança e conforto acrescidos e capaz de se conduzir de forma semi autónoma a velocidade regulada até 210 km/h.

 

Resumo dos componentes de propulsão do Passat GTE. O novo Passat GTE está equipado com um motor turbo a gasolina de injeção direta (1.4 TSI) e um motor elétrico. O motor TSI desenvolve uma potência de 156 cv (115 kW) e o motor elétrico proporciona 85 kW (115 cv). A nova bateria de iões de lítio de alta tensão (posicionada no piso do carro à frente do eixo traseiro) fornece energia ao motor elétrico. Para a transmissão da potência, a Volkswagen equipou o Passat GTE com uma caixa automática de dupla embraiagem de 6 velocidades desenvolvida especialmente para uso em veículos híbridos. Outros componentes da propulsão híbrida incluem um módulo eletrónico de potência e controlo para a propulsão elétrica (isso converte a corrente contínua da bateria em corrente alterna para o motor elétrico) e o carregador de bateria.

 

Gama de motores

1.5 TSI com 150 cv (110 kW). O motor TSI do Passat que debita uma potência de 150 cv entre as 5.000 e as 6.000 rpm, oferece a mais alta tecnologia: motor a gasolina sobrealimentado de 4 cilindros com uma cilindrada de 1,5 litros e gestão ativa variável dos cilindros (ACT). Este bloco é particularmente ágil e eficiente: desenvolve a um regime de apenas 1.500 rpm o seu binário máximo de 250 Nm (até 3.500 rpm). O consumo médio de combustível para a versão equipada com uma caixa manual de velocidades é de 6,1 e 6,2 l/100 km* (emissões CO2 de 139-140 g/km*) no ciclo WLTP. Os valores correspondentes para a Variant são: 6,3/6,4 l/100 km* e 142-143 g/km* de  CO2, (ciclo WLTP). Todos os Passat 1.5 TSI são propostos com tração dianteira. Todas as versões a gasolina e Diesel do novo Passat, estão equipadas com um filtro de partículas. (*em função dos níveis de equipamento).

 

2.0 TDI Evo com 150 cv (110 kW). O novo motor 2.0 TDI Evo é considerado como o pioneiro de uma nova geração de motores Diesel. O motor Evo de quatro cilindros combina as vantagens termodinâmicas dos motores de 2.0 litros com a menor fricção interna dos motores de 1.6 litros da família EA288. Em termos tecnológicos, o novo TDI difere dos motores EA288 anteriores pela já referida redução das fricções interiores e ainda pela refrigeração dos pistões, um novo turbocompressor e um sistema duplo de catalisadores seletivos (SCR) com dupla injeção de AdBlue para reduzir ainda mais as emissões de NOx. Com uma potência de 150 cv (110 kW) disponível entre as 3.250 e as 4.200 rpm, o novo 2.0 TDI Evo (1.968 cm3) está acoplado a uma caixa manual de 6 velocidades ou a uma transmissão automática DSG de 7 velocidades. O binário máximo de 340 Nm está disponível entre as 1.600 e as 3.000 rpm.

 

A versão DSG de 7 velocidades debita 150 CV entre as 3.000 e as 4.200 rpm e o binário máximo aumenta para 360 Nm (entre 1.600 e 2.750 rpm). O consumo médio de combustível para a versão equipada com uma caixa manual de velocidades é de 5,1-5,2 l/100 km*  (emissões CO2 de 128-129 g/km*) no ciclo WLTP. Os valores correspondentes para a Variant são: 5,1 l/100 km e 130-134 g/km*  de CO2, (ciclo WLTP). O consumo médio de combustível para a versão equipada com uma caixa automática DSG de 7 velocidades é de 5,3 l/100 km*  (emissões CO2 de 134-135 g/km*) no ciclo WLTP. Os valores correspondentes para a Variant são: 5,3-5,4 l/100 km*  e 137-140 g/km*  de CO2, (ciclo WLTP). (*em função dos níveis de equipamento).

 

1.6 TDI com 120 cv (88 kW). O motor TDI com uma cilindrada de 1.598 cm3 assinala a entrada da gama de motores turbodiesel do Passat. Está disponível sempre em combinação com uma transmissão DSG de 7 velocidades. A potência de 120 cv desenvolve-se entre as 3.600 e as 4.000 rpm e o seu binário máximo de 250 Nm entre as 1.600 e as 3.250 rpm. Com este motor, a Limousine atinge uma velocidade máxima 205 km/h (Variant: 199 km/h). O consumo médio de combustível para a versão DSG de 7 velocidades é de 5,6 l/100 km*  (emissões CO2 de 145-146 g/km*) no ciclo WLTP. Os valores correspondentes para a Variant são: 5,9 l/100 km*  e 154 g/km*  de CO2, (ciclo WLTP). (*em função dos níveis de equipamento).

 

2.0 TDI com 240 cv (176 kW). O 2.0 TDI com 240 cv (às 4.000 rpm) é o motor turbodiesel de injeção direta mais potente da gama Passat. Tecnologicamente caracteriza-se pela montagem de um duplo turbocompressor de alta e baixa pressão. Equipado com esta motorização de topo de gama, o Passat Limousine atinge uma velocidade máxima de 247 km/h (241 km/h no Variant). Como resultado do seu elevado binário de 500 Nm (entre as 1.750 e as 2.500 rpm), o Passat Limousine e o Passat Variant de 240 cv estão equipados com tração 4MOTION e transmissão DSG de 7 velocidades. O consumo médio de combustível é de 7,3 l/100 km*  (emissões CO2 de 191 g/km) no ciclo WLTP. Os valores correspondentes para a Variant são: 7,5 l/100 km*  e 198 g/km*  de CO2, (ciclo WLTP). (*em função dos níveis de equipamento).