Novo SEAT Leon: o automóvel mais sofisticado chega a Portugal

O SEAT Leon sempre foi um elemento central na gama da marca e também uma referência no segmento, argumentos comprovados com as mais de 2.3 milhões de unidades vendidas no decurso das três gerações. A quarta geração foi desenvolvida para dar continuidade a este sucesso, levando-o ao patamar superior em termos de conetividade (é o primeiro modelo da marca completamente conectado), eficiência, dinamismo e segurança.

 

 

Este modelo oferece o melhor em conforto, em versatilidade e conveniência, garantindo um nível inédito de flexibilidade e de adaptabilidade às necessidades diárias de todos os clientes, independentemente das surpresas inesperadas do quotidiano. O construtor investiu mais de 1.1 mil milhões de euros no desenvolvimento de veículos com propulsores mais eficientes, níveis superiores de conetividade e de assistência à condução, melhor dinâmica e uma estética mais impactante no mercado.

 

O novo SEAT Leon reúne a filosofia do design que é nuclear a todos os veículos que saem da linha de produção SEAT, levando confiança, elegância e dinâmica ao segmento dos compactos, enquanto acrescenta, simultaneamente, coerência, serenidade e a maturidade presentes em poucos outros modelos.

 

O novo SEAT Leon foi desenhado, desenvolvido e é produzido em Barcelona, na fábrica da marca em Martorell. Chega ao mercado português no próximo mês de junho, com um preço de arranque de 24.907€ e com as seguintes motorizações: gasolina (TSI), diesel (TDI), gás natural comprimido (TGI), mild-hybrid (eTSI) e híbrido plug-in (eHybrid).

 

Ideias-chave: uma nova geração SEAT Leon para um novo mundo

 

Forte Evolução no Design

O novo SEAT Leon evidencia uma forte evolução de design em comparação com o seu antecessor: a renovada linguagem interior e exterior garante-lhe um caráter mais forte, reforçado com a melhoria de proporções, com uma frente mais marcante e linhas mais suaves. As luzes do novo Leon iluminarão o segmento com uma série de inovações tecnológicas, incluindo luz ambiente envolvente, feixe luminoso a toda a largura da secção traseira, indicadores de direção dinâmicos, faróis full LED e luzes de boas-vindas.

 

Gama alargada com os mais sofisticados sistemas de propulsão
A quarta geração do Leon transpira eficiência com uma ampla gama de sofisticadas motorizações: gasolina (TSI), diesel (TDI), gás natural comprimido (TGI), mild-hybrid (eTSI) e híbrido plug-in (eHybrid) são as opções que estão disponíveis.

 

O primeiro SEAT totalmente conectado
O novo Leon é o primeiro automóvel da SEAT integralmente conectado, assegurando conectividade no interior e para o exterior (navegação com funções e serviços online), incluindo Full Link com Android Auto e wireless CarPlay.

 

À prova de futuro

O novo SEAT Leon está pronto para o futuro. Baseada na plataforma MQB Evo a próxima geração do SEAT Leon assume-se como o produto mais inovador alguma vez produzido pela marca: o primeiro carro totalmente conectado, com a mais sofisticada assistência à condução e tecnologia híbrida, está preparado para o que quer que seja que o futuro traga.

 

O SEAT mais seguro

Com cruise control adaptativo e preditivo, assistência de emergência, assistência em viagem e saída assistente lateral, a próxima geração Leon combina alguns dos mais sofisticados sistemas de assistência ao condutor para assegurar uma proteção ótima em qualquer cenário de condução, tornando o novo Leon o veículo mais seguro alguma vez construído pela SEAT.

 

Mais espaçoso e mais prático
O modelo de maior sucesso na SEAT torna-se ainda mais prático. O aumento das dimensões nas cinco portas e no Sportstourer (86mm e 93mm, respetivamente), torna-os extra espaçosos nos lugares traseiros e acrescenta uma bagageira ainda maior no Sportstourer (620 litros).

 

Nascido em Barcelona

O novo SEAT Leon é desenhado, desenvolvido e produzido em Barcelona (Martorell).

 

História de Sucesso

O Leon vendeu mais de 2.3 milhões de unidades ao longo das suas três gerações, e a próxima irá prolongar as extraordinárias conquistas das anteriores.

 

Introdução: o novo SEAT Leon é o mais inovador dos produtos alguma vez produzidos pela SEAT

 

“O SEAT Leon tem melhorado de geração para geração, conseguindo conquistar novos clientes. Em 2019, o Leon voltou a ser o modelo mais vendido da SEAT com mais de 150,900 unidades, e também o mais vendido em Espanha nos últimos cinco anos” disse o Vice-presidente de Marketing e Vendas e CEO da CUPRA, Wayne Griffiths.“Agora, criámos o melhor Leon de sempre. O novo Leon foi desenhado com a mente no lema “created in Barcelona” e, em simultâneo, tornando-o o mais seguro, mais conectado e com a maior gama de motores alguma vez disponível na marca. Acreditamos ter todos os melhores ingredientes que farão do Leon não apenas uma excelente escolha para clientes particulares, mas também para o mercado de frotas.”

 

O novo SEAT Leon é o mais recente veículo desenhado e desenvolvido nas instalações da SEAT em Martorell, onde também tem lugar a produção. O Leon tem sido um dos pilares essenciais na gama de produtos da marca, superando a marca de 2.3 milhões de vendas desde o seu lançamento em 1999. A quarta geração do SEAT Leon foi pensada para levar o modelo a um patamar ainda mais elevado na dinâmica, eficiência, segurança e presença.

O mercado dos veículos compactos está cada vez mais competitivo, pressionado pela forma como varia a perceção de cada modelo e aumenta a pressão de fatores externos, mas a SEAT enfrenta esses desafios com total confiança com o novo Leon.

 

A viatura incorpora uma forte evolução de design, com uma linguagem exterior e interior que reforça o caráter do automóvel, ao que não é alheio o ajuste das dimensões, das proporções gerais, a frente mais marcante e uma aproximação diferente à tecnologia de iluminação – tanto interior como exterior.

 

E à medida que entramos num mundo cada vez mais conectado, a nova geração do SEAT Leon proporciona aos clientes uma excelente oportunidade para que os utilizadores levem a sua vida digital para dentro do carro, e que também os acompanhe quando deixam o habitáculo. O novo SEAT Leon é o primeiro veículo da marca completamente conectado, com Full Link – Android Auto e ainda o acesso sem cabo ao CarPlay da Apple, e o entretenimento online ficará disponível num futuro próximo através de apps do automóvel com o objetivo de melhorarem e de alargarem a experiência de condução. E quando fora do automóvel, os utilizadores poderão aceder remotamente à informação de bordo, gerir o processo de carga ou controlar o ar condicionado (no caso da versão híbrida plug-in).

 

Um desfile de novas tecnologias de propulsão: gasolina (TSI), diesel (TDI), Gás Natural Comprimido (TGI), mild-hybrid (eTSI), e híbrido plug-in (eHybrid), significa que os consumidores podem escolher a versão que melhor serve o seu estio de vida, garantindo em simultâneo a eficiência e a performance exigida pelo mercado.

 

A segurança também está no coração do novo SEAT Leon. Integra alguns dos mais avançados sistemas de assistência ao condutor, incluindo cruise control adaptativo preditivo, assistência de travagem e de emergência, tornando-o no automóvel mais seguro alguma vez fabricado pela marca.

 

As evoluções do novo SEAT Leon foram conseguidas, em parte, graças à arquitetura MQB Evo, que assegura a base necessária para corresponder às muitas e variadas necessidades do leque muito alargado de clientes SEAT.

 

Design: evolução geral das dimensões e uma presença ainda mais marcante

 

“Embora o novo SEAT Leon seja uma evolução na nossa linguagem de design, apresenta-se ainda mais ousado do que na geração anterior, juntando o ADN da marca aos atributos próprios de um Leon” diz Alejandro Mesonero-Romanos, Diretor de Design da SEAT. “O exterior junta elementos-chave do carro de confiança, elegância e de carácter desportivo.”

 

Exterior

Com um design exterior que exala confiança, elegância e caráter desportivo, o novo SEAT Leon beneficia das excecionais proporções.

Na base da sofisticada estética está a evoluída plataforma MQB Evo que proporciona as dimensões, a flexibilidade e adaptabilidade às exigências da equipa de design, já que o novo SEAT Leon cresceu em dimensões tanto na versão de cinco portas como na Sportstourer, trazendo um importante sentido de proporções ao design automóvel da próxima geração.

O novo SEAT Leon tem 4,368mm de comprimento (+86mm) e 1,456mm de altura (-3mm) na versão de cinco portas, enquanto a variante Sportstourer chega aos 4,642mm de comprimento (+93mm) e 1,448mm de altura (-3mm).

 

A largura de 1,800mm é comum às duas versões, bem como a distância entre eixos de 2,686mm, o que representa mais 50mm face à terceira geração do SEAT Leon.

 

O novo SEAT Leon nasce sobre a sensualidade do seu antecessor, mas com uma personalidade mais forte, reforçada pelas superfícies mais suaves e na perfeita fusão de cantos e curvas nos pontos certos. E enquanto a estética exterior é o que mais atrai o olhar, o estilo também realça a eficácia da aerodinâmica melhorada; o coeficiente de arrasto do novo SEAT Leon melhorou em cerca de 8% em relação à anterior geração.

 

Na frente do novo SEAT Leon, o design marca uma forte personalidade, com uma ligação tridimensional entre a grelha e os faróis dianteiros. Os faróis LED surgem recuados, formando um efeito de sobrancelha, com um foco mais pronunciado que torna instantaneamente reconhecível a assinatura luminosa.

 

O capot, que se assume ligeiramente mais comprido do que na anterior geração, prolonga o design assertivo e assegura uma maior verticalidade da superfície frontal. Esta proporção é também visível nos pilares dianteiros, cuja base foi recuada de forma aumentar a secção dianteira.

 

As superfícies do novo Leon evoluíram, com formas mais marcantes, dando ao design um tratamento mais elegante, com mais mudanças e nuances de cor consoante a incidência da luz na superfície pintada, com evolução permanente ao longo da carroçaria. Isto cria um veículo com superfície multicamada, que tem uma estética sempre diferente.

 

A emoção e a criatividade mantêm-se na secção traseira do novo SEAT Leon. Realçada pelo filamento de iluminação LED a toda a largura e também na forma do volume da bagageira, desenhada para manter a personalidade do veículo. Tanto o sistema de iluminação como a asa criam linhas que transmitem a sensação de velocidade, mesmo quando o carro está parado.

 

Interior

Por dentro, assiste-se à continuidade do design exterior do novo SEAT Leon, mas aqui o condutor e os restantes ocupantes são colocados no centro de toda a estratégia.

 

O interior do novo SEAT Leon é o pináculo da funcionalidade, do minimalismo e da suavidade, desde o momento em que se toma o assento atrás do volante – o principal ponto de contacto entre o condutor e o automóvel.

 

A superfície suave, esguia, mas ampla do tablier transmite a sensação de leveza com um certo grau de “flutuabilidade”. O efeito é criado com a ajuda de molduras decorativas que contornam o tablier e se prolongam pelas portas dianteiras.

Tudo no habitáculo foi concebido para ser ergonómico, preciso, aumentando o conforto interior para os ocupantes. Quer seja no lugar do condutor, como passageiro ou num lugar traseiro, o habitáculo foi desenvolvido para alojar os ocupantes como uma luva, reforçando a sensação de segurança.

O protagonismo no interior é assumido pelo ecrã de infotainment de 10”, com reconhecimento de gestos, concebido para interagir e permitir uma ligação precisa com os ocupantes, reduzindo a necessidade de botões físicos. O tema do ecrã com design gráfico “diagonal” inspira-se na conhecida e importante avenida de Barcelona, a Diagonal. É a primeira vez que o interface de design foi desenvolvido no novo Digital Lab in SEAT, pioneiro na sua classe.  

 

A iluminação interior é um elemento importante no novo Leon. Centra-se na luz que envolve o tablier prolongando-se a toda a largura com continuidade nas portas. Não se trata apenas de luz ambiente decorativa, já que assume uma série de outras funções essenciais como o aviso de ângulo morto ou de assistente de saída.

 

Foi colocada especial atenção no equilíbrio perfeito entre os plásticos requintados de toque suave com os têxteis e couros que cobrem os bancos, os painéis das portas e o tablier.

 

O novo SEAT Leon funde o seu apelativo design com o grande sentido prático. O SEAT Leon de 5 portas oferece uma bagageira com 380 litros (valor idêntico ao da anterior geração), enquanto o Sportstourer garante 620 litros de capacidade, 30 litros adicionais em relação à geração precedente.

 

Acabamentos: personalizado à sua medida

 

Independentemente do nível de equipamento escolhido – Reference, Style, Xcellence ou FR – o novo SEAT Leon garante tudo o que o condutor precisa, e personalizado ao mais alto nível.

 

Um dos elementos-chave no conforto do automóvel é o ar condicionado automático “Climatronic” de três zonas, assegurando um novo patamar de conforto para os passageiros, estejam sentados à frente ou atrás (equipamento de série nos níveis FR e Xcellence).

 

Reference

Mesmo com acabamentos Reference, o novo SEAT Leon garante um leque de equipamento de série que o destaca da concorrência, dando-lhe vantagem competitiva no mercado.

 

O Reference traz um look exterior fresco sublinhado pelos faróis LED (com controlo automático de luzes), iluminação traseira full LED e calhas de tejadilho, tudo assente em jantes de aço de 15” (16” em aço ou liga leve disponíveis em opção). Os espelhos exteriores elétricos e os puxadores das portas são pintados na cor da carroçaria. O vidro traseiro inclui limpa-vidros.

 

Entrada sem chave Kessy Go acrescenta simplicidade, enquanto as duas portas USB tipo C facilitam a ligação a dispositivos smart. O sistema de infotainment inclui quatro colunas e recorre a um ecrã de 8” de controlo multimédia e de rádio através da inclusão de tecnologia SEAT connect.

 

O conforto é assegurado pelo Climatronic, enquanto qualquer condutor encontrará a sua melhor posição através do controlo do ajuste da altura. Com seis airbags – dois dianteiros, dois laterais e dois de cortina – a segurança fica assegurada. Equipamento adicional inclui avisos de colocação de cintos, ESC e aviso de perda de pressão nos pneus ou ainda travão de estacionamento eletrónico.

 

Style

Além do equipamento incluído no Reference, o acabamento Style acrescenta luzes de leitura dianteiras e traseiras LED, porta-luvas iluminado, volante multifunções em pele, material que também forra o punho da caixa de velocidades, Bluetooth, espelhos exteriores aquecidos e cruise control, o que acrescenta conveniência ao veículo.

 

O nível de conforto é aumentado com o ajuste do apoio lombar no banco do condutor e o ajuste em altura no banco do passageiro. As jantes em liga de 16” fazem parte do equipamento de série, com a opção disponível por jantes de 17”.

 

Xcellence

Subindo mais um nível nos níveis de equipamento SEAT, o Xcellence inclui duas portas USB tipo C atrás para que os utilizadores mantenham os seus dispositivos carregados, e introduz o Climatronic de três zonas e apoio de braços à frente e atrás. O condutor também beneficia da introdução do SEAT Digital Cockpit, tornando facilmente acessível toda a informação, permitindo ainda personalizar a informação mostrada.

 

O interior também ganha iluminação ambiente envolvente, revestimentos com padrões e cores específicos do Xcellence, cujo logo também marca os bancos e o volante, sendo também incluído no habitáculo o pacote de iluminação interior LED, o pacote conveniência e o pacote de design interior.

 

O nível Xcellence inclui jantes em liga leve de 17”, luzes traseiras full LED, incluindo o feixe luminoso a toda a largura, luzes de nevoeiro dianteiras em LED e luzes direcionais. Em destaque no look exterior surge a grelha estampada em diamante, moldura cromada nas janelas (vidros traseiros escurecidos), calhas de tejadilho cromadas, sensores de estacionamento traseiros e espelhos exteriores rebatíveis.

 

O acabamento Xcellence também acrescenta ajuste do apoio lombar para o passageiro, aplicações nas ilhargas das portas dianteiras em alumínio e iluminadas, iluminação no painel das portas e filtragem do ar.

 

FR

No topo da gama dos níveis de equipamento está o FR. Além de todo os elementos incluídos de série nos outros níveis de equipamento, o FR recebe elementos específicos como os para-choques, suspensão, logo FR traseiro, jantes em liga de 17” alargadas (com opção de 18”) e perfis de condução SEAT.

 

O nível FR também leva a tecnologia full LED à secção traseira, incluindo o feixe a toda a largura, e indicadores de direção em LED. A privacidade e a diferenciação são marcadas pelos vidros escurecidos, ilhargas das portas dianteiras iluminadas e portas também com iluminação própria.

 

Novo SEAT Leon: iluminando o caminho no segmento

 

O novo Leon leva ao limite as possibilidades da tecnologia de iluminação presente no segmento, tanto no interior como no exterior do automóvel. Os engenheiros e designers da SEAT recorreram aos mais sofisticados sistemas de iluminação, garantindo um estilo dinâmico que realça o design geral e melhora a segurança.

 

A tecnologia full LED utilizada nos faróis melhora a visibilidade ao ponto de tornar a estrada mais escura perfeitamente visível ao condutor, e integrando a assinatura SEAT no design dos LED, dando ao Leon a inconfundível face SEAT.

 

Os espelhos exteriores têm indicadores de direção em LED integrados, e os veículos com a opção full LED recebem luzes de boas-vindas que saúdam o condutor e os passageiros com a projeção da palavra “Hola!” no solo assim que o veículo é ativado.

 

O design do novo SEAT Leon é enfatizado com a integração do design da luz transversal a toda a largura. Esta tecnologia dota de grande expressão a secção traseira, destacando-a entre os restantes utilizadores da estrada. O novo Leon também inclui indicadores de direção dinâmicos, tornando a direção de viragem mais clara e, portanto, mais segura. E não é apenas no exterior do veículo que a equipa de desenvolvimento aplicou a flexibilidade e a funcionalidade da tecnologia LED.

 

Por dentro, a próxima geração do SEAT Leon evolui a experiência a bordo com um sistema de iluminação envolvente full LED que acrescenta personalidade ao interior.

 

A iluminação varre toda a secção dianteira do habitáculo, de porta a porta e através do topo do tablier, criando um arco de luz que forma um carácter muito vivo no interior do Leon.

 

O sistema de iluminação muda de cor e de tonalidade consoante os desejos. Portanto, quer tenha acabado de entrar e pretenda usufruir da cerimónia de boas-vindas ou pretenda mudar, por exemplo, o perfil de condução do modo Eco para Sport, o sistema de iluminação criará uma nova dinâmica na relação veículo-condutor.

 

Conectividade: o primeiro automóvel completamente conectado

 

O mundo está a mudar, mais digitalizado do que nunca logo que nos ligamos ao mundo conectado. E a vontade de trazer connosco para o automóvel este mundo digital está em crescimento, razão pela qual o novo SEAT Leon se assume como o primeiro automóvel da marca totalmente conectado.

 

No coração dos sistemas do Leon está o SEAT Digital Cockpit, que junta o ecrã de elevada resolução com 10.25”, ajustável pelo utilizador, ao sistema de infotainment. O sistema de Media base inclui um ecrã de 8.25” compatível com funcionalidades áudio do smartphone, enquanto o ecrã maior de 10” do sistema Navi oferece a navegação conectada a 3D, controlo natural de voz e reconhecimento de gestos para simplificar a interação com o utilizador.

 

O reconhecimento de voz é, talvez, uma das mais fáceis e naturais formas de interagir com os dispositivos, especialmente à medida que ficarmos cada vez mais habituados aos assistentes domésticos presentes no mundo da eletrónica.

 

O novo sistema de reconhecimento de voz da SEAT permite um entendimento natural da linguagem de forma a permitir que o utilizador interaja com o infotainment através de comandos naturais – o sistema responde logo que se repita duas vezes a palavra internacional “Hola” -, fazendo correções e chamando comandos anteriores. Portanto, quer pretenda encontrar uma informação de navegação ou procure uma música, tudo se torna mais rápido, fácil e seguro.

 

E com o sistema Full Link, os clientes poderão ter acesso às suas vidas digitais independentemente dos sistemas operativos que utilizem: Apple CarPlay (com uso de ligação wireless através de Bluetooth ou WLAN) ou Android Auto através de ligação por cabo.

 

O sistema Full Link é a porta de entrada para a conectividade, permitindo aos utilizadores emparelharem os seus dispositivos ao sistema de infotainment, trazendo o ecossistema digital para o veículo. Portanto, quer pretenda importar a sua lista de contactos para o automóvel, a música que ouve habitualmente ou o sistema de mapas, todas as possibilidades ficam disponíveis e acessíveis numa forma controlada, intuitiva e segura, não distraindo o condutor da condução, utilizando o sistema de infotainment ou os comandos de controlo integrados no volante.

 

Com a opcional Connectivity Box que permite a carga indutiva através dos protocolos Qi, os utilizadores não precisam de preocupar-se com a perda de energia nos momentos críticos.

 

 A Unidade de Conetividade Online com um cartão SIM embutido significa que o novo SEAT Leon nunca perderá a ligação com o mundo digital e, em futuros desenvolvimentos, o sistema permitirá aos utilizadores acederem às apps presentes no sistema de infotainment, podendo ser atualizadas a qualquer momento. Portanto, o novo SEAT Leon conseguirá oferecer novos produtos e soluções digitais ao longo de toda a sua vida. O cartão eSIM embutido também significa que o SEAT Leon beneficia do serviço eCall, que contacta diretamente os serviços de emergência em caso de acidente, acrescentando outro recurso de segurança à viatura. Não é apenas a possibilidade de fazer uma chamada de emergência (manual ou automática) mas também a capacidade de transferir informação importante para os serviços de emergência como a posição da viatura, o tipo de motor, a cor ou o número de passageiros, tornando mais fácil a prestação de socorro.

 

Em acréscimo, a conectividade online através do eSIM embutido permite a utilização de informação em tempo real a partir da nuvem, adicionando uma dimensão adicional ao sistema de navegação. Por exemplo, a informação online do tráfego, posição de estacionamento ou de estações de serviço, bem como dos seus horários de funcionamento, disponibilidade ou preços atualizados. E para aqueles que não quiserem ficar limitados às habituais estações de rádio, o novo SEAT Leon disponibilizará o sistema de radio online, o que permitirá aos utilizadores ouvirem qualquer estação de rádio que queiram, até mesmo de países diferentes.

 

Abre-se um novo mundo graças à app SEAT Connect que pode ser descarregada para o seu dispositivo dando controlo remoto a uma série de funções que ajudarão a maximizar a diversão do condutor e a melhorar a segurança.

 

Quando fora do veículo, graças à app SEAT Connect, os utilizadores podem aceder remotamente à informação do veículo: computador de bordo, local de estacionamento, estado da viatura, incluindo portas e luzes, definição de alertas de velocidade para que seja avisado no caso de alguém ao volante do seu veículo conduzir demasiado depressa, alertas antifurto, abertura e fecho de portas com o serviço de abertura e fecho à distância, ou até na ativação remota da buzina e dos indicadores de mudança de direção de forma a encontrar o carro mais facilmente. E não acaba aqui. Com a introdução da variante híbrida plug-in, também foram acrescentadas novas funcionalidades. Os condutores do híbrido plug-in poderão gerir o processo de carregamento remotamente através do e-Manager, controlar o ar condicionado e programar as horas de partida; tudo através da app do smartphone.

 

O número de serviços a bordo e online crescerão ao longo da vida do automóvel e à medida da expansão do ecossistema digital, numa melhoria permanente da experiência do utilizador.

 

Motorizações: vasta gama dos sistemas de propulsão mais avançados

O novo SEAT Leon foi desenvolvido tendo em conta o mundo real, com uma gama de motorizações que passam a incluir três variantes eletrificadas que potenciam ainda mais a eficiência. A nova geração deste automóvel compacto dispõe de unidades a gasolina (TSI), diesel (TDI), gás natural comprimido (TGI), mild-hybrid (eTSI) e híbrido plug-in (eHybrid), cada uma concebida para entregar os mais elevados padrões de performance e de condução, garantindo aos clientes a combinação ideal do veículo e do motor que corresponda às necessidades específicas.

 

As versões que utilizem a transmissão automática DSG beneficiam agora de tecnologia shift-by-wire. O sistema está desenvolvido para anular a ligação mecânica entre o seletor de velocidades e a caixa de velocidades, recorrendo assim a sinais eletrónicos para proceder à troca de velocidades.

O sistema shift-by-wire permite a seleção das velocidades sem a intervenção física da alavanca, o que se torna útil para o novo sistema automático de auxílio ao estacionamento, no qual o bloqueio mecânico de estacionamento foi substituído por um bloqueio controlado eletronicamente. Desta forma, o novo shift-by-wire não só acrescenta um superior nível de eficiência, como acrescenta sofisticação na arte e prazer de condução.

 

Quanto aos modos pré-definidos do chassis - Eco, Normal e Sport – os condutores podem recorrer a um seletor de escalas que ajusta o novo SEAT Leon às exigências específicas, oferecendo um amplo número de possibilidades.

 

Gasolina

A oferta do novo Leon no âmbito dos motores a gasolina passa sempre por unidades com injeção direta e turbocompressor capazes de debitar níveis de potência entre 66kW/90CV e 140kW/190CV.

 

Os dois níveis mais baixos de potência, que produzem 66kW/90CV e 81kW/110CV, recorrem ao 1.0 TSI de três cilindros que serão usados no SEAT Leon pela primeira vez.

 

Disponível com potências de 96kW/130CV e 110kW/150CV, o maior motor de 1.5 litros a gasolina garante níveis de potência que trarão um sorriso à face do condutor, mas com a garantia de uma eficiência otimizada.

 

As duas unidades de 1.0 litro, bem como o 1.5 TSI 96kW/130CV, recorrem ao ciclo de combustão Miller e a um turbocompressor de geometria variável para elevarem a eficácia a um patamar superior na classe dos motores com esta volumetria.

 

O ciclo Miller otimiza o controlo do curso das válvulas, antecipando o fecho da admissão, aumentando a compressão e através da sobrealimentação controlar melhor a mistura ar-combustível para uma melhoria de eficiência que pode chegar aos 10%.

 

As unidades de 1.5 litros também possuem controlo ativo de cilindros, Active Cylinder Management, para maximizar a eficiência.

 

No topo da pirâmide está o 2.0 TSI com 140kW/190CV, unidade de 2.0 litros associada à transmissão de dupla embraiagem.

 

Diesel

O diesel continua a revelar-se uma tecnologia importante na redução das emissões de carbono, e o novo Leon dispõe de três opções diesel: todas unidades de dois litros 2.0 TDI.

 

As versões de 5 portas e Sportstourer recebem caixa manual na versão de 85kW/115CV, enquanto o motor diesel de 110kW/150CV pode ser associado à caixa manual ou à transmissão automática DSG. A Sportstourer fica também disponível com a unidade de 110kW/150CV acoplada à caixa DSG e ao sistema 4Drive.

 

As unidades TDI recebem um novo sistema de dosagem gémea do sistema SCR que inclui dupla injeção de AdBlue para reduzir significativamente as emissões de NOx em comparação com a geração anterior dos motores diesel do Leon. O resultado é uma gama de motores diesel que cumpre estritamente as mais recentes normas de emissões.

 

mHEV

O novo SEAT Leon também assumiu a tecnologia mild-hybrid (eTSI), que permite ao modelo compacto um patamar de eficiência ainda superior. O sistema, que surge disponível com os motores a gasolina 1.0 TSI 81kW/110CV e 1.5 litros de 110kW/150CV, junta a tecnologia mild-hybrid de 48V aos motores de combustão, usando assim a eficácia da eletrificação e da transmissão de dupla embraiagem em vez da caixa manual.

A tecnologia recorre a um motor-gerador de 48V com uma bateria de iões de lítio a 48V, resultando numa melhor eficiência obtida, em parte, com a capacidade do Leon rolar em certas condições com o motor desligado, recuperando energia nas travagens e assistindo o motor de combustão com potência elétrica.

 

Híbrido plug-in

À medida que a SEAT alarga o uso da eletrificação, a quarta geração do Leon também inclui uma sofisticada variante híbrida plug-in. Casando o motor TSI de 1.4 litros com o propulsor elétrico, um pack de baterias de iões de lítio de 13kWh e a caixa de seis velocidades DSG, obtém-se num conjunto capaz de produzir 150kW/204CV de potência.

 

A versão híbrida plug-in também permite que o condutor circule em modo puramente elétrico, num alcance de até 60km (WLTP) obtido através da energia armazenada no pack de baterias do automóvel – perfeito para uma ainda maior eficiência ou de forma a poder circular nas artérias citadinas com restrições na qualidade do ar.

 

A versão híbrida plug-in será disponibilizada nas versões de cinco portas e sportstourer.

 

GNC

O novo SEAT Leon inclui a opção pelo 1.5 TGI a GNC, unidade de 1.5 litros que produz 96kW/130CV de potência.

 

O veículo reúne 3 depósitos de GNC com uma capacidade total de 17.3kg, garantindo ao novo SEAT Leon a GNC um alcance de 440km sem necessidade de reabastecimento. Se os depósitos de GNC ficarem vazios, o motor muda automaticamente para a alimentação a gasolina até à próxima estação de reabastecimento de GNC. Aí, será tão simples reabastecer como com qualquer outra versão da gama.

 

Segurança: o SEAT mais seguro de sempre introduz sofisticados sistemas de assistência

 

“O novo SEAT Leon foi desenhado e desenvolvido para ser o mais inovador produto alguma vez produzido pela marca – além da conectividade online também oferece sofisticados sistemas de assistência. Inspira paixão e desperta um sentimento especial quando as pessoas olham para ele; resta-nos admirá-lo e deixá-lo transmitir a sua essência,” diz Axel Andorff, Vice-presidente Executivo para a Pesquisa e Desenvolvimento da SEAT. “Essencialmente, trata-se de tocar e sentir o novo Leon.”

 

O novo SEAT Leon é o automóvel mais seguro alguma vez desenvolvido pela marca; concebido para estar mais atento ao que o rodeia e a reagir aos obstáculos na estrada ou aos movimentos súbitos de outros condutores graças à integração de um conjunto completamente novo de sofisticados sistemas de assistência à condução (ADAS).

 

As tecnologias diversificadas significam que o SEAT Leon sente o seu ambiente de forma a garantir proteção independentemente do desenrolar do cenário enquanto está ao volante, elevando a segurança para um patamar superior.

 

O novo SEAT Leon junta um leque de sistemas ADAS incluindo o Dynamic Chassis Control (DCC), o preditivo Adaptive Cruise Control (ACC), Emergency Assist 3.0, Travel Assist e Side e Exit Assist, que, em conjunto, conseguem proteger o veículo e os ocupantes durante a condução ou mesmo com o veículo parado.

 

Graças ao DCC Dynamic Chassis Control do novo SEAT Leon, o amortecimento e o comportamento do veículo podem ser alterados dependendo das condições e das exigências do condutor, tornando o veículo mais confortável.

 

A tecnologia de chassis adaptativo lê em permanência as condições da estrada, levando simultaneamente em consideração o raio de viragem, grau de aceleração e de travagem, ajustando a suspensão, e otimizando o amortecimento de cada roda para garantir um nível de conforto e de dinâmica como nenhum outro.

 

O cruise control adaptativo e preditivo (ACC) consegue posicionar o Leon com base na estrada e nos dados GPS recebidos pelo sistema de navegação, conseguindo igualmente corrigir a velocidade consoante a configuração da estrada adiante: curvas, rotundas, cruzamentos, limites de velocidade ou zonas de obras. Ao usar a informação recolhida através da câmara dianteira e do sistema de reconhecimento de sinais, consegue ajustar a velocidade do veículo à alteração dos limites.

 

A funcionalidade de condução automática terá continuidade com a introdução do dispositivo Travel Assist num futuro próximo. O sistema recorrerá à informação do ACC e do Lane Assist para ativamente manter o veículo no centro da faixa, ajustando a velocidade ao ritmo do tráfego. A assistência à condução funciona até velocidades de 210km/h. A tecnologia também contempla as ultrapassagens; sendo apenas necessário ao condutor acionar o indicador de mudança de direção; se as condições de tráfego permitirem, o veículo completará automaticamente a manobra.

 

Por razões de segurança e para cumprir com as imposições legais, o condutor terá que controlar permanentemente o sistema, o ambiente em redor e manter pelo menos uma mão no volante. Caso estas condições não se cumpram (o volante inclui sensores específicos) ou se o volante for deixado sem atenção por mais de 15 segundos, o condutor receberá avisos visuais e sonoros, podendo haver um toque de travão. Se o condutor continuar a não responder às solicitações, o sistema de Emergency Assist poderá parar por completo o Leon.

 

Outra novidade no âmbito da segurança do novo Leon reside no Exit Warning – aviso de saída. Quando estacionado e em caso de abertura de uma porta, o veículo produzirá um sinal de aviso no caso de detetar a aproximação de veículos – poderão ser outros veículos se parado na berma, ou ciclistas ou peões quando estacionado junto ao passeio.

 

Herança: a evolução rumo à quarta geração

 

Desde a sua introdução em 1999, o SEAT Leon tem sido um dos pilares da marca, registando vendas extraordinárias, introduzindo tecnologias inéditas e trazendo novos níveis de dinâmica e de design a um segmento extremamente competitivo.

 

Todas as gerações foram desenhadas, desenvolvidas e produzidas em Barcelona, nas instalações da marca em Martorell. O SEAT Leon foi assim nomeado na sequência da cidade espanhola Leon, numa tradição da SEAT já com 14 modelos cuja designação nasce de localidades espanholas (Ronda, Ibiza, Malaga, Marbella, Toledo, Inca, Alhambra, Cordoba, Arosa, Leon, Altea, Ateca, Arona e Tarraco).

 

A primeira geração do SEAT Leon marcou a entrada da marca no segmento C em 1999 e vendeu mais de 500,000 unidades. Mas foi também um automóvel que estreou um vasto leque de tecnologias; do sistema de tração integral Haldex (foi o primeiro SEAT a casar tração integral com suspensão independente multibraços) à caixa de seis velocidades, e com um potente motor de 132kW/180CV.

 

A primeira geração do SEAT Leon criou também o primeiro hatch da marca com mais de 147kW/200CV depois da introdução do Leon Cupra 2.8 V6 em 2000. Um veículo impressionante com um motor V6 que produzia 150kW/204CV.

 

O ano de 2005 foi o da estreia de um novo modelo e a SEAT introduziu a segunda geração Leon. Tinha pela frente o desafio aparentemente impossível de superar o modelo anterior. Mas conseguiu-o.

 

A segunda geração não só introduziu a direção assistida eletromecânica, a tecnologia de injeção direta, o start&stop e o alternador recuperador de energia, mas também fez disparar os níveis de segurança.

 

O Leon passou a beneficiar de um sistema ESP melhorado, bloqueio eletrónico do diferencial EDS, sistema EBA, reforçado com tecnologia overboosting, que permitia maximizar a performance de travagem mesmo com temperaturas elevadas dos discos. Também já tinha o sistema BSW com a tarefa de limpar os travões quando os limpa-vidros eram acionados. E sem esquecer o Driver Steering Recommendation, que ajudava a manter a trajetória do veículo em caso de emergência.

 

Este veículo também alinhou a geração seguinte da variante CUPRA: o Leon CUPRA R, com o motor 2.0 TSI de 194kW/265CV, o carro que viria a ser o modelo mais potente na história da SEAT ao seu tempo.

 

No total, foram vendidas 675,000 unidades da segunda geração do SEAT Leon, o que ajudou a alinhar o modelo de terceira geração, aquele que elevaria a fasquia ainda mais acima.

 

Introduzida em 2012, o Leon de terceira geração foi indiscutivelmente o veículo tecnologicamente mais evoluído da SEAT até à data, trazendo uma abundância inédita nos padrões de performance, eficiência e na tecnologia de segurança. Todos os motores lançados incluíam start&stop, ofereciam faróis full LED, Assistente de Máximos, Lane Control Assist, Deteção de Fadiga e todas as versões incluíam sete airbags de série. Além disto, receberam ainda o SEAT FullLink, arrancando em força com as capacidades de conetividade.

 

Até julho de 2019 venderam-se mais de um milhão de unidades, garantindo o seu lugar como um dos SEAT melhor sucedidos de sempre.

 

E o sucesso não se espelhou apenas nos números das vendas alcançadas, mas também nas pistas. Em 2014, o Leon CUPRA SC (versão de três portas) com o motor TSI de quatro cilindros com 205kW/280CV tornou-se no mais rápido compacto de tração dianteira a completar o famoso circuito de Nurburgring Nordschleife, gastando menos de oito minutos com a recordista marca de 7:58.44, saída das mãos de Jordi Gené, piloto e embaixador da SEAT.

 

 

Fichas técnicas (motorizações homologadas)

 

Gasolina (TSI)

 

Motor

1.5 TSI

Potência máxima

96kW/130CV / 5,000 – 6,000

Caixa de velocidades

Manual

Cilindros/Válvulas

4-cil - 16v

Cilindrada

1,498 cc

Diâmetro e curso

74.5 / 85.9

Taxa de compressão

12.5

Binário máximo

200Nm / 1,400 – 4,000

Aceleração (0-100km/h)

9.4 seg

Velocidade máxima

213km/h

Consumo (l/100km)

WLTP: 5.4 – 6.1

Emissões de CO2 (g/km)

WLTP: 122-137

 

 

Motor

1.5 TSI

Potência máxima

110kW/150CV / 5,000 – 6,000

Caixa de velocidades

Manual

Cilindros/Válvulas

4-cil - 16v

Cilindrada

1,498 cc

Diâmetro e curso

74.5 / 85.9

Taxa de compressão

10.5

Binário máximo

250Nm / 1,500 – 3,500

Aceleração (0-100km/h)

8.4 seg

Velocidade máxima

221km/h

Consumo (l/100km)

WLTP: 5.5 – 6.3 (Sportstourer: 5.6 – 6.4)

Emissões de CO2 (g/km)

WLTP: 125-143 (Sportstourer: 127-145)


Mild-Hybrid (eTSI)

 

Motor

1.5 TSI mHEV

Potência máxima

110kW/150CV / 5,000 – 6,000

Caixa de velocidades

DSG

Cilindros/Válvulas

4-cil - 16v

Cilindrada

1,498 cc

Diâmetro e curso

74.5 / 85.9

Taxa de compressão

10.5

Binário máximo

250Nm / 1,500 – 3,500

Aceleração (0-100km/h)

8.4 seg

Velocidade máxima

221km/h

Consumo (l/100km)

WLTP: 5.6 – 6.4

Emissões de CO2 (g/km)

WLTP: 127-144

 

 

Diesel (TDI)

 

Motor

2.0 TDI

Potência máxima

110kW/150CV / 3,000 – 4,200

Caixa de velocidades

DSG

Cilindros/Válvulas

4-cil - 16v

Cilindrada

1,968 cc

Diâmetro e curso

81.0 / 95.5

Taxa de compressão

16

Binário máximo

360Nm / 1,700 – 2,750

Aceleração (0-100km/h)

8.6 seg

Velocidade máxima

218km/h

Consumo (l/100km)

WLTP: 4.3 – 5.0

Emissões de CO2 (g/km)

WLTP: 114-132