TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup: o GR Yaris dá o salto para o Campeonato Mundial de Ralis

Se a primeira edição da TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup foi um verdadeiro sucesso, o auspicioso começo desta segunda temporada não fica atrás. O Toyota GR Yaris RZ Cup foi escolhido pela organização do lendário Rallye Monte-Carlo para assegurar as funções de carro “0” da prova. É, sem dúvida, um reconhecimento de prestígio do troféu monomarca organizado pela Toyota Espanha, Toyota Caetano Portugal e Motor & Sport Institute (MSi), e

 

representa um importante marco para o desporto motorizado na Península Ibérica.

 

A organização fundamentou a sua decisão nas especificações técnicas do GR Yaris. Para além da potência do propulsor, foram determinantes a suspensão específica e as possibilidades de afinação deste carro de competição, e também as 4 rodas motrizes GR-FOUR, a fiabilidade e eficácia nas tradicionais condições de instabilidade climática, características desta prova que habitualmente abre o Campeonato do Mundo FIA de Ralis – WRC (World Rally Championship).



Em concreto, a MSi enviou duas unidades até Monte-Carlo, cumprindo os trâmites regulamentares da organização. Uma será pilotada pelo consagrado piloto belga Marc Duez e a segunda unidade terá aos comandos o experiente francês Florian Bernardi, piloto que no ano passado disputou diversas provas do seu campeonato nacional, com um carro da classe Rally2. Ambos os Toyota GR Yaris estão já equipados com uma nova caixa de velocidades com engrenamento direto de “crabots”, e novas aberturas no capot com o objetivo de melhorar a arrefecimento do motor 1.6 Turbo que debita uns impressionantes 261cv. Estes avanços representam novidades relevantes para 2023, e vão contribuir para tornar o carro ainda mais competitivo.



O Rally Monte-Carlo começou quinta-feira dia 19, contando com a participação da equipa oficial TOYOTA GAZOO Racing World Rally Team (WRT), atual campeã do mundo em título de fabricantes e de pilotos, que de novo aspira a conquistar ambos os títulos.



No total, serão disputadas 18 especiais cronometradas, entre as quais se destaca a mítica La Bollène-Vésubie/Col de Turini, em que se espera que as temperaturas rondem os -7°C na quinta-feira. O rali terá o seu fim no domingo, dia 22 de janeiro precisamente com a passagem nessa mesma especial que será a Power-Stage.



Voltando à TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup, este ano o calendário vai incluir 8 ralis (4 em Portugal e 4 em Espanha) e tem o seu arranque marcado para 11 de março, com outra célebre prova: o Rali Serras de Fafe. Mantendo a configuração da temporada anterior em termos de número de provas a disputar, o campeonato será de novo dividido em piso de asfalto e de terra batida, o que constitui um aliciante para os pilotos darem mais um passo nas suas carreiras desportivas, num ano em que se espera que cresça de forma notória o número de carros inscritos em cada prova.



Adicionalmente, o montante em prémios que será este ano distribuído pela organização da taça monomarca da Toyota irá atingir os 300.000€, aos quais se somam: um prémio especial destinado ao melhor piloto júnior; um outro destinado à melhor piloto feminina, e mais um para o melhor piloto sénior. Isto falando apenas dos prémios pecuniários dado que que o vencedor da taça poderá, além disso, realizar um teste com uma unidade da classe Rally2 da Toyota.



Mais informações em:
https://www.toyotagazooracingiberiancup.com/

Siga-nos nas redes sociais:
INSTAGRAM:     @tgr_iberiancup
FACEBOOK:     #TGRIberianCup
TWITTER:     @iberiancup_tgr
 

CALENDÁRIO TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup 2023

PROVA

DATA

PISO

Rally Serras de Fafe

11-12 de março

Terra

Rali Terra de Auga

24-25 de março

Terra

Rali Terras d'Aboboreira

29-30 de abril

Terra

Ralli Pozoblanco SCER

19-20 de maio

Terra

Rally de Lisboa

24-25 de junho

Asfalto

Ralli Princesa das Astúrias SCER

8-9 de setembro

Asfalto-Terra

Rallye Vidreiro Centro de Portugal

13-14 de outubro

Asfalto

Ralli La Nucía SCER

3-4 de novembro

Asfalto